Saiba como foi a Proclamação da República no Brasil de forma simples | JULILULY

Saiba como foi a Proclamação da República no Brasil de forma simples

Publicado: 09/08/2017
Porque viramos uma República? A Juliluly descomplica pra você!


No dia 15 de novembro nosso país mudou o tipo de governo de Monarquia para República.

Quando o governo era Monarquia o Imperador Dom Pedro II tinha grande poder de decisão sobre todas as decisões e leis importantes no Brasil. E isso começou a incomodar alguns grupos da população, que começaram a querer mudar esse governo de Império para República.

Com o governo de República, que é o nosso governo de hoje, temos o voto por eleições. Em que o povo decide quem serão os governantes e presidente do país. Isso ajudou nosso país a progredir e melhorar como sociedade.

Você sabe quais os motivos levaram à Proclamação da República?

Na época acontecia a chamada crise da monarquia. Quando grupos importantes da população ficaram contra o imperador, cada um por seu motivo.

A Igreja Católica não gostou quando o Imperador Dom Pedro II não deixou eles proibirem os maçons de entrarem nas Igrejas. Então ficaram contra o governo.

As pessoas que eram contra o trabalho escravo, também ficaram contra Dom Pedro II. Eles queriam acabar com a escravidão, que ainda não tinha acontecido, para que as pessoas tivessem igualdade de direitos.

Os militares que acabavam de voltar vitoriosos da guerra contra o Paraguai. Vieram com novas ideias e queriam ser valorizados por seu trabalho. Gostaram de ver o governo por República e queriam que fosse assim no Brasil.

Tudo piorou ainda mais quando a princesa Isabel, filha do Dom Pedro II, libertou os escravos com a lei Áurea em 1888. Os fazendeiros não gostaram nem um pouco de ter que libertar seus escravos e ter que pagar para novos trabalhadores em suas fazendas.

Como aconteceu a Proclamação da República

Com todas essas pessoas contra o tipo de governo da monarquia, os militares se reunirão e convidaram o Marechal Deodoro da Fonseca para liderar o movimento para proclamar a República.

Depois de insistirem ele aceitou e no dia 15 de novembro o grupo de militares fizeram o chamado golpe, em que o Marechal Deodoro criou a república provisória e se tornou o primeiro presidente do Brasil.

A partir desse momento, nosso povo passou a eleger seus governante por voto direto. E foi o primeiro grande passo a caminho da democracia no Brasil.

Conheça o Hino da Proclamação da República


Seja um pálio de luz desdobrado.
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus!
Seja um hino de glória que fale
De esperança, de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Nós nem cremos que escravos outrora
Tenha havido em tão nobre País…
Hoje o rubro lampejo da aurora
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais! Ao futuro
Saberemos, unidos, levar
Nosso augusto estandarte que, puro,
Brilha, ovante, da Pátria no altar!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Se é mister que de peitos valentes
Haja sangue em nosso pendão,
Sangue vivo do herói Tiradentes
Batizou este audaz pavilhão!
Mensageiros de paz, paz queremos,
É de amor nossa força e poder
Mas da guerra nos transes supremos
Heis de ver-nos lutar e vencer!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

Do Ipiranga é preciso que o brado
Seja um grito soberbo de fé!
O Brasil já surgiu libertado,
Sobre as púrpuras régias de pé.
Eia, pois, brasileiros avante!
Verdes louros colhamos louçãos!
Seja o nosso País triunfante,
Livre terra de livres irmãos!
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!


A letra do Hino da Proclamação da República foi escritapor Medeiros de Albuquerque, e a música composta por Leopoldo Miguez.




Voltar